Pré-candidatura

Em vídeo no Twitter, Alckmin praticamente lança pré-candidatura à presidência

"Se você me perguntar se quero ser", diz o governador olhando para a câmara, "vou dizer aqui olhando nos seus olhos que sim. E estou preparado para ser candidato"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em uma sessão de perguntas e respostas feita pelo Twitter, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin respondeu a diversas questões de internautas. Inclusive, se é pré-candidato à presidência da República nas eleições do ano que vem.

Praticamente lançando a pré-candidatura pelo seu partido, Alckmin afirmou: “se você me perguntar se quero ser”, diz o governador olhando para a câmara, “vou dizer aqui olhando nos seus olhos que sim. E estou preparado para ser candidato”.

PUBLICIDADE

Porém, ele apontou que a candidatura para um cargo majoritário como
presidente da república não é uma decisão pessoal, e sim coletiva. “Começa pelo partido, tem que ouvir as alianças, a sociedade, esse é o bom caminho”, afirmou o tucano, destacando posteriormente que essa é uma decisão que ocorrerá, coletivamente, no final do ano. Vale ressaltar que o presidente interino da legenda, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), marcou as convenções para indicar o nome do candidato à presidência para o dia 9 de dezembro. Se houver mais de um candidato, serão realizadas prévias em fevereiro de 2018. 

“Não vai ser fácil o futuro, mas o Brasil tem tudo para se recuperar com uma boa política fiscal, que deixa espaço para investimentos, juros, como no mundo inteiro, baixíssimo ou até negativo e câmbio que permita o Brasil saber jogar o jogo do século XXI, com uma grande inserção internacional e comércio exterior”, completou o governador.