Política

Em vídeo, Lula admite que PT cometeu erros e não fez tudo que deveria

"É certo que não fizemos tudo que tínhamos que fazer, é certo que cometemos erros e quem comete erros paga pelos erros que cometeu", diz ex-presidente nos 36 anos do partido

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em vídeo de comemoração ao aniversário de 36 anos do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva assume que o partido vive dificuldade momentânea e admite que a legenda cometeu erros e não fez tudo que deveria. 

É certo que não fizemos tudo que tínhamos que fazer, é certo que cometemos erros e quem comete erros paga pelos erros que cometeu”, disse o ex-presidente, em vídeo veiculado em sua página no Facebook nesta quarta-feira. 

Lula pede para que os petistas torçam para que no próximo ano o partido esteja mais forte do que está hoje. “Se Deus quiser, apesar de toda a adversidade momentânea, ainda vai continuar sendo o grande partido da história desse País”, disse o ex-presidente.

Aprenda a investir na bolsa

Diante das denúncias, Lula disse que o partido é o mais importante da história brasileira, por ter dado voz para o trabalhador e que por isso é perseguido pelos conservadores. “Isso incomoda porque a parte mais pobre da população, mais humilde ocupando um papel de protagonismo que não existia antes”, afirma. No vídeo, o ex-presidente fala ainda que o PT é um partido político plural e que abriga filiados mais à direita, esquerda e de centro.