Em evento no nordestes, Serra critica carga tributária e alta taxa de juros brasileira

O candidato também criticou a falta de projetos de longo prazo e investimentos insuficientes em infraestrutura

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O candidato do PSDB à presidência, José Serra, criticou a política econômica do governo Lula. Em evento em Teresina, Serra destacou a alta taxa de juro brasileira e a carga tributária do País, a maior entre países em desenvolvimento.

O candidato afirmou que o governo federal pouco investiu em infraestrutura e na qualificação de mão de obra, fatores que podem afetar o bom desempenho da economia a longo prazo. A hidrelétrica de Belo Monte foi citada como exemplo de desorganização de planejamento. “Não se sabe bem o custo e não se resolveu direito a questão ambiental”, disse. 

O presidenciável aproveitou o evento para dizer que legislação e fiscalização deveriam ser o cerne das preocupações do governo nas obras de infraestrutura. 

PUBLICIDADE

Além disso, Serra afirmou que o “loteamento de cargos promovido pelo PT” também compromete o desenvolvimento do País. O tucano foi o único dos três principais candidatos à presidência a marcar presença no evento 3º Líder Nordeste – região em que Serra tenta reforçar sua base de votos.