Na Expocatadores

Em evento, Lula diz que “vai demorar para morrer” e pede para catadores cobrarem Dilma

Ex-presidente Lula participou ontem da abertura da Expocatadores 2014 no Centro de Exposições do Anhembi, em São Paulo, e disse que tem falado com a presidente que quem está no governo precisa saber "de que lado está"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O ex-presidente Lula participou ontem da abertura da Expocatadores 2014 no Centro de Exposições do Anhembi, em São Paulo e, brincou com possíveis críticas a sua idade para que dispute a eleição de 2018. 

“Eu quero dizer pra vocês que eu vou demorar pra morrer, mas, se tiver que morrer, eu morreria feliz de ver o que está acontecendo no meio de vocês”, afirmou. O ex-presidente ainda destacou que o Brasil saiu do Mapa da Fome elaborado pela ONU (Organização das Nações Unidas) ao afirmar que “isso parecia impossível e aconteceu”. 

Além disso, ele incentivou que os catadores de material reciclável cobrassem de Dilma mais benefícios, ao falar que tem falado com a presidente que quem está no governo precisa saber “de que lado está” e para quem deve priorizar os programas.

PUBLICIDADE

“Dilma vai vir aqui conversar com vocês e vai receber 500 reivindicações. Quando sair daqui, vai para outra reunião e vai ter mais reivindicações. Depois vai para outra e mais um monte de reivindicações. De noite, na casa dela, é tanta reivindicação que não vai saber mais qual é a primeira e qual é a última”, disse. “O mais esperto é quem ganha e quem é o mais esperto? É quem cobra. Então, por favor, nos cobrem, porque assim teremos consciência que vamos continuar fazendo muito mais por vocês”, afirmou o ex-presidente, segundo informações do jornal Valor