Após saída de Dilma...

Em evento da CUT, Lula critica ajuste e diz que Dilma adotou o discurso de Aécio

Ele teceu mais críticas ao ajuste do ministro da Fazenda, Joaquim Levy: “o que a Dilma tem que saber é que este país não pode ficar falando em corte mais uma semana ou um mês"

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem, durante evento em São Bernardo do Campo, as “pedaladas fiscais” realizadas pelo governo de sua sucesso Dilma Rousseff, afirmando que elas foram realizadas para garantir a continuidade de programas sociais, como o “Minha Casa, Minha Vida” e o “Bolsa Família”. Porém, em um outro evento, este realizado pela CUT e que contou com a participação da própria Dilma, Lula fez críticas à política econômica da sucessora logo após a sua saída do local. As informações são do jornal O Globo

O ex-presidente afirmou que Dilma, após ser reeleita, adotou o discurso do candidato derrotado no segundo turno das eleições de 2014, senador Aécio Neves ( PSDB-MG), avaliando que está difícil para sindicalistas dialogarem com a base por causa dos rumos do governo. 

“Ganhamos as eleições com um discurso e os nossos adversários perderam as eleições com um discurso. Mas a impressão que passamos para a sociedade é que adotamos o discurso de quem perdeu. É o que está na cabeça do povo”, afirmou o petista. 

PUBLICIDADE

Ele teceu mais críticas ao ajuste do ministro da Fazenda, Joaquim Levy: “o que a Dilma tem que saber é que este país não pode ficar falando em corte mais uma semana ou um mês. Neste país temos que falar em crescimento, com geração de emprego e distribuição. Esta gente, do chão de fábrica, está sofrendo, está angustiada.

O ex-presidente chegou a ser interrompido no evento por gritos de “fora Levy” e afirmou: “nunca gostei de jogar a culpa em cima de uma pessoa. No futebol, 11 perdem e, às vezes, a gente culpa só quem perdeu o pênalti”.

Por outro lado, ele elogiou o discurso de Dilma feito no mesmo evento: “a Dilminha que veio para cá outra Dilma. Essa é a Dilminha que elegemos. Não é aquele discurso que dá a impressão que é o Aécio que está falando, que dá impressão que é (senador José) Serra.

Quanto custariam suas ações em dólar? Deixa seu email e descubra: