SUPER LIVES Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Elena Landau (economista e ex-diretora do BNDES) e Cassiana Fernandez (economista-chefe do JP Morgan) debatem o cenário econômico e a agenda de reformas no Brasil

Não quer alinhamento

Em discurso no Mercosul, Bolsonaro critica regra que exige consenso para decisões no bloco

Bolsonaro afirmou que a regra "não pode ser instrumento de veto ou freio permanente" para decisões do bloco

arrow_forwardMais sobre

BRASÍLIA (Reuters) – Em um discurso em que ficaram claras as intenções divergentes entre Brasil e Argentina no Mercosul, o presidente Jair Bolsonaro criticou nesta sexta-feira a regra do bloco de que todas as decisões precisam ser tomadas por consenso.

Bolsonaro, que defendeu a revisão da Tarifa Externa Comum (TEC) e a redução de barreiras comerciais internas, afirmou que a regra “não pode ser instrumento de veto ou freio permanente” para decisões do bloco.

O Brasil pressiona pela redução da TEC em diversos setores, e o processo de negociação sobre alternações na TEC e também tenta convencer os países parceiros a permitir acordos comerciais extra-bloco independentes, mas enfrenta a resistência da Argentina.

Bolsonaro disse ainda que “diferenças de perspectiva econômica ou política não devem afetar o processo de integração” dos países e que o bloco precisa recuperar um espaço relevante no fluxo de comércio internacional.

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.