Em discurso em Washington, Bernanke lembra impacto social das medidas do Fed

Presidente do Fed ressalta esforços a favor da diversidade na concessão de crédito; TALF é programa de mais destaque

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O presidente do Fed Ben Bernanke discursou nesta sexta-feira (25) em Washington, na Conferência Anual da Black Caucus Foundation. A crise financeira mais uma vez ocupou lugar de destaque na fala, sendo ressaltado o esforço do governo para unir inclusão social às medidas de estímulo à economia do país.

Quem esperava que o presidente do Fed comentasse os sinais de melhora econômica pode ter ficado um pouco frustrado com o rumo do pronunciamento. Bernanke expôs a atuação o Federal Reserve sob um olhar diferente, atento ao aspecto inclusivo que as medidas estão tendo na sociedade dos EUA.

“Deixe-me fazer um breve comentário a respeito dos esforços do Fed em favor da diversidade”, começou a autoridade. “Como vocês sabem, o Federal Reserve tem posto em prática vários programas para restaurar o sistema de crédito na nossa economia. Um desses programas foi o TALF (Term Asset-Backed Securities Loan Facility), que tem ajudado vários tipos de consumidores e instituições pequenas a superar a crise financeira”.

Os efeitos do TALF

Aprenda a investir na bolsa

O alvo escolhido pelas palavras de Bernanke tem, de fato, sido uma importante ferramenta para restaurar a economia dos EUA, atuando no mercado de securitização. “Esse segmento é uma importante fonte de crédito, e os impactos da crise reduziram de maneira significativa a oferta de financiamento”, comentou o presidente.

Desde que foi posto em prática, o TALF já atuou indiretamente no financiamento de 3 milhões de consumidores e na concessão de cerca de 400 mil empréstimos a pequenos negócios. O programa ajuda a fomentar uma rede de concessão de crédito, e permite que instituições participem com investimentos de no mínimo US$ 500 mil. Atualmente, cerca de 121 credores fazem parte da proposta, incluindo investidores de todos os tipos.

“Nós ouvimos a recomendação de que um perfil maior de financiadores poderia atrair um aspecto diversificado de mutuários. Aceitando esta boa sugestão, nós anunciamos recentemente a inclusão de quatro novos agentes, que serão voltados a incrementar a diversidade de perfil dos tomadores de empréstimo. Três dessas unidades serão voltadas aos negros, e elas deverão começar a funcionar já em novembro”, lembrou Bernanke.

Por fim, o presidente do Fed fez questão de lembrar que o Federal Reserve também colocou em prática o “Partnership for Progress”, um programa adotado no ano passado e que visa reconhecer a importância das pequenas instituições financeiras para a economia dos EUA. “Essa iniciativa oferece suporte a organizações desse tipo, prestando assessoria técnica e treinamentos contábeis para superar os desafios do setor”, completou o discurso.