Em dezembro, 24,5 milhões de brasileiros acessaram a internet em casa

Segundo Ibope, tempo médio de navegação residencial por internauta brasileiro foi de 22h50min

SÃO PAULO – Cada vez mais brasileiros têm acesso residencial à internet, apontam dados do Ibope NetRatings divulgados nesta sexta-feira (16). No mês de dezembro, dos 38,2 milhões de pessoas nessas condições, 24,5 milhões de navegaram pela web, um crescimento de 14,7% em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando foram 21,3 milhões de pessoas.

Em relação ao mês anterior, o crescimento foi de 0,5%, mas considerando o mês de dezembro de 2006 e de 2005 nota-se uma alta significativa, de 69% e 100%, respectivamente.

Tempo na internet

Segundo o estudo, o tempo médio de navegação residencial por internauta brasileiro foi de 22h50min, inferior ao registrado em novembro, de 23h47min.

PUBLICIDADE

Com isso, o Brasil deixou de liderar o ranking de tempo gasto com a internet no mês passado, dentre dez países analisados, e passou para a terceira posição. A França ocupou o primeiro lugar, com 23h39min, e a Alemanha, o segundo, com 23h03min.

“Neste momento há um forte crescimento na Europa do uso de sites de redes sociais, que são as páginas em que os internautas navegam por mais tempo. Esse intenso uso de sites de comunidades que começou recentemente em outros países já existe no Brasil desde 2005”, afirmou o analista de mídia do Ibope/NetRatings, José Calazans.

Categorias

Por tempo de utilização por pessoa, a categoria com melhor desempenho foi Ocasiões Especiais, com um crescimento de 36,6%, influenciada pela procura de sites que distribuem cartões natalinos. Com 5,4%, também cresceram as páginas de Comércio Eletrônico, seguidos por sites de Finanças, com 2,1% e de assuntos de Casa e Moda, com 2%.

Em relação a dezembro de 2007, acumulam os maiores crescimentos as páginas de viagens e turismo, com crescimento de 25,7%, de notícias e informações (16,6%), de telecomunicações e serviços de internet (16,5%), comércio eletrônico (15,5%) e de entretenimento (15,5%).