Impeachment

Em Brasília, Solidariedade faz ato com “caminhão de mudança para Dilma”

Com uma foto de Dilma na parte de trás do veículo, o caminhão tem a seguinte frase: "Mudança. Destino: sítio de Atibaia"

SÃO PAULO – Favorável ao processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o Partido Solidariedade colocou um caminhão “à disposição para a mudança da presidenta Dilma” em referência a um eventual afastamento da presidenta do cargo, caso o Senado aceite o processo que tramita contra ela.

Com uma foto de Dilma na parte de trás do veículo, o caminhão tem a seguinte frase: Mudança. Destino: sítio de Atibaia, em referência ao imóvel frequentado pelo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família. que está sendo investigado porque teria recebido benefícios de empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato. A Polícia Federal investiga a relação do imóvel com empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato.

O veículo começou a circular hoje pelas vias de Brasília, e passou em frente ao Palácio do Planalto, sede do governo federal. De acordo com os organizadores, o caminhão vai ficar à disposição “da presidente Dilma e ministros que quiserem mudar. A Força [Sindical] arca com os custos” e deve circular pela capital federal até o fim de semana. 

Senado
O ato ocorreu no mesmo dia em que o relator do processo na Comissão Especial do Impeachment no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG), leu seu parecer, que vota pela admissibilidade do processo.

Ao acatar os argumentos do pedido apresentado pelos advogados Janaína Paschoal, Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., Anastasia considerou que há indícios de crime de responsabilidade suficientes para justificar o afastamento temporário de Dilma – por 180 dias – e iniciar a fase de instrução do processo.

A expectativa é que a comissão vote o parecer na próxima sexta-feira (6), enquanto o plenário deve votar o processo na quarta-feira (11). Caso o Senado aprove o impeachment, a presidente Dilma será afastada do cargo para se defender.

Com Agência Brasil