Nova gravação

Em áudio, Renan afirma que tentou evitar condução de Janot à PGR

Janot foi reconduzido ao cargo em setembro de 2015 por mais dois anos. Renan afirma que tentou evitar a permanência dele no cargo, mas disse que "estava só"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Se a semana começou com a revelação de gravações entre Sérgio Machado e caciques do PMDB, ela termina do mesmo jeito, com novos áudios tornando-se públicos. O Jornal Hoje, da TV Globo, revelou áudio entre Renan Calheiros e o ex-presidente da Transpetro, em que o presidente do Senado afirma que tentou evitar a recondução de Rodrigo Janot para o cargo de procurador-geral da República. 

Janot foi reconduzido ao cargo em setembro de 2015 por mais dois anos. Renan afirma que tentou evitar a permanência dele no cargo, mas disse que “estava só”.

SÉRGIO MACHADO: Agora uma coisa eu tenho certeza: sobre você não tem nada ainda.
RENAN CALHEIROS: Nesse mistério todo, a gente nem sabe por que eles vivem nessa obsessão.
SÉRGIO MACHADO: Hoje, eu acho que vocês não poderiam ter reconduzido esse b***, não. Aquele cara ali…
RENAN CALHEIROS: Quem?
SÉRGIO MACHADO: Ter reconduzido o Janot. Tinha que ter comprado uma briga ali.
RENAN CALHEIROS: Eu tentei… Mas eu estava só.

Aprenda a investir na bolsa

Em outra gravação divulgada esta semana, Renan Calheiros chamou Janot de “mau caráter”. A assessoria de imprensa do senador informou, por nota, que o senador agilizou a recondução do procurador Rodrigo Janot ao cargo, no segundo mandato da presidente Dilma.