AO VIVO Radar InfoMoney fala sobre a fusão entre Localiza e Unidas e a disparada das ações do IRB - será que o jogo virou para a empresa na Bolsa?

Radar InfoMoney fala sobre a fusão entre Localiza e Unidas e a disparada das ações do IRB - será que o jogo virou para a empresa na Bolsa?

Em 2006, déficit nominal subiu para R$ 69,8 bilhões e chegou a 3,35% do PIB

Como proporção do PIB, as despesas com pagamento de juros passaram de 8,11% para 7,66% entre 2005 e 2006

SÃO PAULO – Em dezembro, o governo apresentou um déficit primário superior ao do mesmo período do ano passado. Ao mesmo tempo, o pagamento de juros aumentou, o que resultou em um aumento do déficit nominal, de acordo com a Nota de Política Fiscal divulgada pelo Banco Central nesta manhã.

Com este resultado, ao longo do ano de 2006 o Governo registrou um superávit primário de R$ 90,144 bilhões, menor, entretanto, que o registrado em 2005 (R$ 93,505 bilhões). Além disso, a despesa com juros passou de R$ 157,146 bilhões para R$ 160,027 bilhões entre 2005 e 2006, de maneira que o déficit nominal aumentou de R$ 63,641 bilhões para R$ 69,883 bilhões.

A relação entre a Necessidade de Financiamento do Setor Público (NFSP) e o PIB aumentou, ao passar de 3,19% nos doze meses terminados em novembro, para 3,35% nos doze meses terminados em dezembro. Em 2005, a NFSP representou 3,28% do PIB.

Encargos com juros caíram na passagem anual

PUBLICIDADE

Enquanto em 2006 a participação dos gastos com juros nominais sobre o PIB ficou em 7,66%, no período de doze meses terminados em novembro a parcela fora de 7,60%. Em 2005, entretanto, os gastos com juros representaram 8,11% do Produto Interno Bruto.

Na comparação anual, a relação do superávit primário teve um recuo ao passar de 4,83% para 4,32% do PIB, resultado que ainda fica acima da meta estipulada pelo governo, que é de 4,25% do PIB. No período de doze meses encerrado em novembro, a relação foi de 4,41%.

A tabela abaixo compara a evolução da NFSP em 2006, com aquela registrada em 2005.





















R$ Bilhões20062005Var%
NFSP*69,88363,6419,8%
Juros nominais*160,027157,1461,83%
Resultado
primário*
-90,144-93,505-3,59%

*(+)Déficit (-)Superávit
Fonte: Banco Central