Eleições: mais de um quarto dos senadores vai tentar se eleger governador

De um total de 81 senadores, 22 vão se candidatar ao cargo de governador de seus estados; outros 13, à reeleição

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Tendo em vista os escândalos e denúncias de corrupção, espera-se que o volume de renovações nas eleições de outubro seja elevado. Apesar desta perspectiva, o número de políticos que vai tentar a reeleição será elevado, segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

No Senado, por exemplo, dos 81 senadores, 46 vão disputar as eleições neste ano. Destes, 22 senadores tentarão se eleger para o cargo de governador, enquanto dois disputarão a Presidência da República e dois a vice-Presidência.

Além disso, 13 estão se candidatando à reeleição, outros três são candidatos ao posto de vice-governador e quatro disputam eleições para deputado.

19 senadores continuam mesmo perdendo eleição

Aprenda a investir na bolsa

É interessante citar, no entanto, que dos 22 senadores que tentam se eleger governadores, 19 ainda vão continuar no Congresso mesmo que percam as eleições. Isso porque os mandatos destes políticos acabam somente daqui a quatro anos.

Segundo as informações disponibilizadas pela Agência Senado, cada um dos 26 estados e o DF tem três senadores, com mandato de oito anos. Para evitar que os três representantes estaduais sejam substituídos em uma única eleição, eles não têm mandatos coincidentes.

Assim, de quatro em quatro anos há renovação ou de um terço dos senadores (27) ou de dois terços (54). As eleições deste ano destinam-se a renovar um terço dos senadores.