Eleições 2006: Itamar critica Lula e declara apoio ao tucano Geraldo Alckmin

"Alckmin representa a ética. Vou apóia-lo pela sua qualidade de homem público", declarou o ex-presidente

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Premiando os esforços do governador de Minas Gerais e candidato à reeleição Aécio Neves, o ex-presidente Itamar Franco comunicou nesta quinta-feira, dia 27 de julho, que vai apoiar Geraldo Alckmin (PSDB) nas eleições de outubro.

“Chegamos a este entendimento não só pelas qualidades do nosso candidato à Presidência da República, mas, sobretudo, por um pedido do meu querido governador Aécio Neves”, afirmou Itamar.

Itamar critica Lula e recebe elogio de Alckmin

O ex-presidente, que atualmente mora em Belo Horizonte, aproveitou ainda para fazer críticas ao candidato-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e à qualidade de seu governo.

Aprenda a investir na bolsa

Ressentido, Itamar, que apoiou Lula em 2002, disse que o petista se transformou em um homem arrogante e o classificou como responsável pela crise vivida por seu partido. “O PT rasgou a sua única bandeira, que era a ética”, avaliou.

Por outro lado, não poupou elogios ao tucano Geraldo Alckmin. “Alckmin representa a ética. Vou apóia-lo pela sua qualidade de homem público.”

A resposta de Alckim foi imediata. “Eu convidei o presidente Itamar Franco para nos ajudar, com sua experiência de quem já foi presidente da República. Seu apoio é uma honra”, declarou.