Brasil na imprensa

El País: “Petrobras coloca Brasil à beira do precipício com escândalo de corrupção”

"Tudo no Brasil gira atualmente em torno dessa gigantesca empresa pública e das venenosas revelações que surgem a cada manhã", afirma a reportagem do jornal espanhol

SÃO PAULO – O escândalo que envolve a Petrobras (PETR3;PETR4) segue em destaque no noticiário internacional. Em matéria desta semana, o jornal espanhol El País falou sobre as últimas denúncias  de dinheiro na estatal, citando os nomes do juiz Sérgio Moro, do doleiro Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa, entre outros e ressaltando que a “corrupção no Brasil põe o Brasil à beira do precipício”. 

“O sistema é simples, diabólico e eficaz: um acusado de corrupção reduz sua pena se delatar outros, que por sua vez podem receber o mesmo tratamento, com o que o caso se ramifica ao infinito. É a maneira que o juiz brasileiro Sérgio Moro tem para reconstruir o rastro da bilionária corrupção que domina de cima a baixo a maior empresa pública da América Latina, a Petrobras, e que sacode o País”, ressalta a reportagem.

Para o El País, o nome que a Polícia Federal deu à última fase da operação, Juízo Final, é sintomático. “Tudo no Brasil gira atualmente em torno dessa gigantesca empresa pública e das venenosas revelações que surgem a cada manhã”, afirma.

PUBLICIDADE

O jornal espanhol ressalta ainda que as ramificações políticas são imprevisíveis, com os delatores citando o nome de integrantes de vários partidos.

A reportagem ainda criticou a postura da presidente Dilma: “enquanto isso, Rousseff, em Brasília, tenta driblar o temporal como consegue, sem aparecer muito, agarrando-se à tese que já defendeu durante a campanha, que consiste em assegurar que sob o seu mandato a corrupção é investigada e perseguida”.