MERCADOS AO VIVO Índice Dow Jones ultrapassa os 30 mil pontos pela primeira vez na história

Índice Dow Jones ultrapassa os 30 mil pontos pela primeira vez na história

Operação Eficiência

Eike volta ao Brasil para se entregar à PF: “está na hora de passar as coisas a limpo”

 "Estou voltando e vou responder à Justiça, como é o meu dever", disse o empresário para a GloboNews

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O empresário Eike Batista, foragido após ter viajado a Nova York dias antes de ter a prisão preventiva decretada pela Justiça no âmbito da Operação Lava Jato, voltará para o Rio de Janeiro neste domingo (29). Ele deve ser preso assim que chegar ao Brasil.

Eike chegou sozinho ao aeroporto JFK, nos EUA, por volta de 18h50 (21h50 no horário de Brasília) do domingo, com reserva de voo para o Rio. A volta está sendo feita num voo da American Airlines, de número 973, programado para partir a 0h45 (horário de Brasília), devendo chegar à capital fluminense às 10h30 deesta segunda (30). 

Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, do “O Globo”, Eike será levado para um presídio comum por não ter ensino superior. Os advogados do empresário tentaram negociar a ida dele para um presídio especial, afirma a reportagem, mas não tiveram êxito.

Aprenda a investir na bolsa

Em uma rápida entrevista para a GloboNews, ele disse que está na hora de “passar as coisas a limpo”.  “Estou voltando e vou responder à Justiça, como é o meu dever”, disse. “O sentimento é que tem que se mostrar o que é, está na hora de eu mostrar e ajudar a passar as coisas a limpo”.

Na última quinta, a Polícia Federal deflagrou nova operação no âmbito da Lava Jato e tentou prender o empresário por suspeita de pagamento de propina de U$ 16,5 milhões  ao ex-governador Sérgio Cabral, mas o ex-bilionário não foi encontrado em uma batida policial em sua casa no Rio de Janeiro.