Proposta de delação

Eike delata Crivella e diz que pagou R$ 1 milhão para prefeito do Rio desistir de eleição, diz revista

A publicação afirma que, segundo Eike, a pedido de Sérgio Cabral, ele teria dado R$ 1 milhão para Crivella não disputar a prefeitura do Rio em 2012

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Apesar de ainda não ter fechado uma delação premiada, o empresário Eike Batista segue tentando negociar um acordo com o Ministério Público, já tendo entregue uma “prévia” das informações que tem. Segundo a revista Veja, em um dos 17 anexos da proposta de delação, ele entregou o atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella.

A publicação afirma que, segundo Eike, a pedido de Sérgio Cabral, ele teria dado R$ 1 milhão para Crivella não disputar a prefeitura do Rio em 2012, facilitando a reeleição de Eduardo Paes. O empresário diz que Cabral solicitou a contribuição à campanha de Paes, o candidato apoiado pelo então governador.

Eike foi informado por Paes de que o repasse teria de ser feito por caixa 2, e quis saber o motivo, que revelou que o dinheiro seria entregue a Crivella, com o compromisso de que ele desistisse de concorrer naquele ano.

PUBLICIDADE