STOCK PICKERS AO VIVO Fernando Goes fala sobre o "Caso Cogna": como usar (e como não usar) o mercado de opções?

Fernando Goes fala sobre o "Caso Cogna": como usar (e como não usar) o mercado de opções?

Veja o vídeo

Eduardo Cunha era um dos beneficiados com propina da Petrobras, diz Youssef

Segundo o depoimento, os recursos ilícitos, de cerca de R$ 4 milhões, teriam sido pagos ao operador Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que repassaria a Cunha

SÃO PAULO – Na última quarta-feira (13), em depoimento à Justiça Federal, o doleiro Alberto Youssef confirmou que parte da propina desviada da Petrobras (PETR3; PETR4) tinha como “destinatário” o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), segundo um vídeo divulgado pelo jornal O Globo.

Segundo o depoimento, os recursos ilícitos, de cerca de R$ 4 milhões, teriam sido pagos ao operador Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que repassaria a Cunha. Youssef ainda afirmou que partiu do presidente da Câmara a ideia de usar os requerimentos feitos na Casa para pressionar a empresa Mitsui, que não estaria pagando a propina em 2011.

De acordo com o ele, o consultor Júlio Camargo, que operou o pagamento de propina no esquema de corrupção da Petrobras, relatou o fato. “Ele me relatou que o Fernando Soares, através do deputado Eduardo Cunha, havia pedido alguns requerimentos de informações referentes aos contratos da Mitsui, da Toyo e do próprio Júlio Camargo”, afirmou Youssef.

PUBLICIDADE

Após o depoimento do doleiro, Camargo também falou à Justiça e negou que tenha citado o nome de Cunha no caso. Confira o vídeo da fala de Youssef clicando aqui.