Política e religião

Edir Macedo manda “recado” a Dilma e Alckmin em inauguração de Templo

Pastor da Igreja Universal mandou "recado" aos governantes presentes, ao afirmar que "só orando" é possível ter acesso à segurança e à saúde

SÃO PAULO – Contando com as presenças de Dilma Rousseff – candidata à presidente pelo PT – e de Geraldo Alckmin – candidato a governador de São Paulo pelo PSDB – o bispo Edir Macedo inaugurou o Templo de Salomão na noite de quinta-feira (31). 

Macedo mandou “recado” aos governantes, ao afirmar que “só orando” é possível ter acesso à segurança e à saúde.

Momentos antes de concluir o evento de 2 horas e 15 minutos, Edir Macedo abriu os braços, fechou os olhos e pediu a Deus “algo novo na vida de suas criaturas”: “Porque o teu povo está cansado de sofrimento, cansado de derrotas, de fracassos familiares, fracassos na saúde, fracassos na segurança e em todos os sentidos. Não há paz, mas com o teu espírito, meu Pai, nós caminhamos com a paz onde quer que nós formos”, causando saia justa entre os políticos presentes, como ressalta o portal Último Segundo

PUBLICIDADE

Antes disso, o  bispo Rogério Formigoni também cutucou os políticos presentes ao falar sobre o combate às drogas, ao afirmar que o governo “investe tanto em tratamentos que não dão certo”, enquanto a religião oferece a cura. Fomigoni se declarou um ex-viciado em crack e responsável por cultos de combate ao vício.

 Além de Dilma e do governador paulista, também estavam presentes o vice Michel Temer (PMDB), o prefeito Fernando Haddad (PT), o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD).