No Recife

Duvido que o juiz Sérgio Moro seja mais honesto do que eu, diz Lula em comício

"Democracia exige que os membros de instituições poderosas como o Ministério Público e a Polícia Federal sejam isentas", criticou o ex-presidente

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar a atuação do Ministério Público e das autoridades que conduzem a Operação Lava Jato durante um comício em Recife na noite desta quinta-feira (22). O petista chegou a dizer que duvida que o juiz federal Sérgio Moro, que irá julgá-lo por corrupção e lavagem de dinheiro, seja mais honesto que ele.

“Não se preocupem porque eu estou tranquilo. Eu duvido que dentro do próprio Ministério Público, da Polícia Federal ou próprio juiz Moro seja mais honesto do que eu”, afirmou o ex-presidente.

“Democracia exige que os membros de instituições poderosas como o Ministério Público e a Polícia Federal sejam isentas”, criticou. “Vocês têm um concurso, mas não foram escolhidos para ser Deus. Eu não tenho um concurso. Eu tenho um compromisso de vida com esse País”, continuou Lula.

Aprenda a investir na bolsa

Ao chegar, o petista foi recebido por militantes do PT vestidos de toga, em uma crítica ao sistema Judiciário, e carregando uma cruz com a imagem do ex-presidente. No local onde o ato ocorreu, grupos também gritaram “Fora Temer”. Houve ainda quem relembrasse os gritos de “Lula lá”, muito usado na campanha presidencial de 1989.