Datafolha

Doria tem aprovação recorde em São Paulo, aponta Datafolha; prefeito atribui números à mobilização

De acordo com o levantamento, 43% dos moradores da cidade aprovam sua gestão, 20% reprovam e 33% a consideram regular - 4% dos entrevistados não opinaram

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – No último sábado à noite, foi divulgada a pesquisa Datafolha com a avaliação sobre o prefeito de São Paulo João Doria, em que mostra que o tucano tem aprovação recorde quando comparado a seus antecessores no cargo.

De acordo com o levantamento, 43% dos moradores da cidade aprovam sua gestão, 20% reprovam e 33% a consideram regular – 4% dos entrevistados não opinaram. Já no início de fevereiro, 13% consideravam sua administração ruim ou péssima, parcela que subiu para 20%.

A aprovação atual de Doria é bem superior à do ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que tinha aprovação de 31% após 90 dias de sua administração, em 2013. Já os 20% atuais de reprovação de Doria superam a de seu antecessor, que somava 14% de ruim ou péssimo em período similar.  Em igual período, Gilberto Kassab (PSD) teve 16% de aprovação, contra 24% de Paulo Maluf (PP) e Celso Pitta, 20% de José Serra (PSDB) e 34% de Marta Suplicy (PT).

PUBLICIDADE

No último domingo, Doria afirmou à Folha que atribui à “capacidade de mobilização e reação do funcionalismo, na sua maioria contribuindo e ajudando na sua gestão” o recorde de aprovação de sua gestão. 

Em meio aos sinais de que o nome de Doria tem ganhado força para a disputa presidencial de 2018, a pesquisa questionou o que o eleitorado paulistano espera que o prefeito faça no próximo ano. 55% afirmaram que gostaria que Doria continuasse como prefeito de São Paulo em 2018, 13% gostariam de ver Doria como candidato ao governo do Estado e 14% responderam que querem o empresário concorrendo a Presidência da República.