Projeto

Doria espera arrecadar R$ 7 bilhões com privatização do Anhembi e Interlagos

"Estima-se que o Parque Anhembi e o Parque Interlagos possam render cerca de R$ 7 bilhões. Esse valor pode ser maior ou menor dependendo das circunstâncias", disse ao Estadão

SÃO PAULO – O prefeito eleito de São Paulo, João Doria, segue nesta terça-feira (4) com sua agenda recheada de entrevistas e desta vez ele falou ao jornal O Estado de S. Paulo sobre suas propostas para privatizar o Anhembi e o Autódromo de Interlagos. Segundo ele, a venda destes dois complexos deve render R$ 7 bilhões para o governo.

“Estima-se que o Parque Anhembi e o Parque Interlagos possam render cerca de R$ 7 bilhões. Esse valor pode ser maior ou menor dependendo das circunstâncias. É um valor substantivo, cujo os recursos serão prioritariamente investidos em saúde e educação”, disse o tucano.

Doria ainda afirmou que pretende dar continuidade a esta proposta logo no primeiro ano de mandato e que haverá uma licitação aberta a investidores nacionais e internacionais. Além disso, ele explicou que a empresa que ficar com o Anhembi será obrigada a ceder o sambódromo à Prefeitura gratuitamente para realização dos desfiles do carnaval. Enquanto isso, quem comprar Interlagos deverá manter o parque aberto à população.

PUBLICIDADE