.

Donald Trump “desaparece” em debate e mesmo assim fica entre os vencedores

Empresário não chamou atenção, deixando espaço para que nomes como Ted Cruz e Marco Rubio ganhassem o destaque que estavam precisando para vencerem as primárias

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O já famoso empresário Donald Trump tem chamado ainda mais atenção desde que anunciou sua pré-candidatura à presidência dos Estados Unidos pelo partido republicano. O ex-apresentador do programa “O Aprendiz” – ele perdeu o cargo após criticar imigrantes – já afirmou que iria construir um muro separando o país do México, já avisou que ia mandar os sírios de volta para seu país e, mais recentemente, citou até o Brasil é uma de suas falas.

Mesmo diante de tanta polêmica, Trump vinha liderando as pesquisas de intenção do partido e mesmo perdendo força segue entre os favoritos. Porém, no terceiro debate dos republicanos, ocorrido na noite desta quarta-feira (28), o megaempresário “desapareceu”, evitando falas polêmicas e deixando mais espaço para nomes que, apesar de já conhecidos da política americana, até então corriam por fora da disputa.

Mas o que mais chamou atenção é que mesmo sem grande destaque, Trump mais uma vez foi escolhido como um dos vencedores do debate promovido pela rede americana CNBC. Ao evitar polêmicas e ficando mais quieto, ele conseguiu chamar atenção dos eleitores que estavam céticos sobre se o temperamento dele seria o correto para ser um presidente.

PUBLICIDADE

Trump conseguiu se sair bem mesmo após levar “fogo” logo na primeira pergunta, quando o moderador do debate, John Harwood, perguntou se ele não seria “uma versão de quadrinhos de uma campanha presidencial”. O empresário apenas disse que “esta não foi uma pergunta muito legal” e destacou suas propostas, insistindo que elas são realizáveis.

No fim da noite, ele acabou elogiado por sua postura, mostrando que sabe equilibrar os momentos de ataque com a serenidade, como um bom negociador e homem de negócios. Mesmo assim, os riscos de Trump aumentaram nas últimas semanas e já são pelo menos duas pesquisas indicando o cirurgião Ben Carson como líder nas intenções de votos entre os republicanos.

Marco Rubio e Ted Cruz “ganham” o debate
Apesa de Trump se sair bem, os reais vencedores do debate foram o senador da Flórida Marco Rubio e o senador do Texas, Ted Cruz, ambos nomes já conhecidos da política, mas que até ontem não tinham força para liderar as pesquisas. Rubio foi atacado por seu mentor, Jeb Bush, em um dos momentos de maior destaque da noite, mas conseguiu sair por cima da situação.

Bush criticou o senador sobre os votos que ele não tem conquistado no Senado por estar em campanha, afirmando que ele deveria se demitir se ele realmente quisesse fazer uma campanha. Rubio, porém, devolveu o ataque afirmando que Bush só o estava criticando porque os seus consultores o tinham convencido que um ataque a ele seria bom. No final, foi Jeb Bush que ficou mal com os eleitores.

Enquanto isso, Ted Cruz chamou atenção ao questionar a imprensa e o próprio debate, ressaltando o que se tem visto nas intenções de voto: os eleitores estão cansados da política tradicional e querem mudanças.

“As questões que estão sendo colocadas neste debate até agora mostram porque o povo americano não confia na comunicação. Isto não é uma luta numa jaula. Reparem nas perguntas – Donald Trump, você é um vilão quadrinhos? Ben Carson, sabe fazer contas? John Kasich, pode insultar estas duas pessoas aqui? Marco Rubio, porque não se demite? Jeb Bush, porque caíram os seus números? E que tal falarmos de questões importantes?”, disse, sendo bastante aplaudido.

PUBLICIDADE

No fim, o debate manteve Trump entre os principais, deixando Carson apagado e sem necessariamente uma derrota. Mas a corrida, que estava afunilando nesta reta final, pode ter encontrado novos nomes para aumentar a concorrência pela candidatura republicana para a presidência.