Se a moda pega

Donald Trump coloca um preço para participar de debate da CNN: US$ 5 milhões

"Que tal eu dizer para a CNN que se não me tratar corretamente [...] Eu não vou fazer o próximo debate, ok?", disse o candidato republicano

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O megaempresário e pré-candidato pelo partido republicano para as eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2016, Donald Trump ameaçou acabar com suas típicas brincadeiras em suas falas. Para ele, a imprensa e algumas propagandas estão tornando suas declarações mal interpretadas para o público. E isso fez com que ele fizesse uma espécie de ameaça a um dos maiores canais de televisão dos EUA.

Trump declarou em um discurso na Geórgia que deveria cobrar US$ 5 milhões para participar do próximo debate da CNN, marcado para 15 de dezembro. “Que tal eu dizer para a CNN que se não me tratar corretamente […] Eu não vou fazer o próximo debate, ok?”, disse o executivo, ganhando aplausos da multidão que acompanhava. “Eu não vou fazer o debate, a menos que me paguem US$ 5 milhões, os quais irão para veteranos de guerra”, completou.

O candidato se vangloriou diante de 5 mil apoiadores, em evento de campanha em Macon, na Geórgia, que é um imã de audiência que as emissoras usaram para obter lucros nos debates anteriores. Diante de uma plateia de maioria branca, o empresário disse que a reunião foi inspiradora, sem deixar de atacar seu oponentes.

PUBLICIDADE

O ex-apresentador do reality show O Aprendiz, em apenas cinco minutos, conseguiu lançar ataques contra 8 de seus adversários pela candidatura republicana. Ele ainda citou novamente Hillary Clinton, que segundo ele não deveria estar concorrendo, e sobrou até para o atual presidente Barack Obama, afirmando que a “história se lembrará dele como um presidente horrível, que não sabia o que estava fazendo”.