AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Dólar opera em queda, cotado a R$1,738 refletindo Fomc e maior fluxo cambial

Queda é de 1,22%; investidores acompanham noticiário europeu e especulam possível intervenção do nosso BC no câmbio

SÃO PAULO – Com o mercado caminhando no campo positivo, o dólar comercial opera nesta quinta-feira (26) em forte queda de 1,22%, cotado a R$ 1,738. Os investidores se mostram otimistas após a reunião do Fomc (Federal Open Market Committee) realizada na véspera, quando foi anunciado que a a taxa de juro do país permanecerá próxima a zero até o fim de 2014.

“Além disso as demais moedas tiveram um ganho considerável em ontem, especialmente o euro, moeda que o real costuma acompanhar”, lembra gerente da mesa de operações do Banco Confidence, Felipe Pellegrini. Assim, no câmbio externo, a moeda perde espaço para o euro (-0,47%), o iene (-0,44%), a libra (-0,16%) e o franco suíço (-0,54%).

Segundo ele, ao longo do dia este cenário não deve sofrer grandes alterações e no médio prazo a tendencia de queda da moeda deve seguir “A entrada de capital estrangeiro está muito forte, alem da redução nas nossas importações, assim esse fluxo positivo ajuda a fazer o dólar cair”, diz Pellegrini ao referir-se ao saldo do fluxo cambial da última semana, que apontou superávit de US$ 6,654 bilhões.

PUBLICIDADE

“Mas ainda temos três pontos de atenção, que são a crise europeia, que ainda não acabou, e as eleições para presidente nos EUA, que devem interferir também no mercado, além do nosso Banco Central, que poderá intervir no câmbio caso o dólar caia demais”, alertou o especialista.

Indicadores
Nesta manhã, o Copom (Comitê de Política Monetária) divulgou a ata da sua última reunião, que aconteceu em 18 de janeiro de 2012, quando reduziu a Selic em 50 pontos-base, para 10,50% ao ano.

Na agenda de indicadores, o IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor), divulgado nesta quinta-feira (26) pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), apontou variação positiva dos preços de 0,68% na terceira medição do ano.

Nos EUA, o Initial Claims registrou 377 mil solicitações, acima da expectativa do mercado, que era de 375 mil. O Durable Good Orders exibiu avanço de 3,0% no referido mês, frente à projeção de alta de 2,0%.