Informa Folha

Doações a campanhas do PT em 2014 eram comissões, diz Andrade Gutierrez

A empreiteira afirmou ao Ministério Público que seguiu o mesmo esquema revelado por outras construtoras aos procuradores da Operação Lava Jato, segundo Folha de S. Paulo

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – De acordo com a Folha de S. Paulo, a Andrade Gutierrez revelou, em seu acordo de delação premiada, que fez doações legais para campanhas do PT em 2014 como pagamento de comissões de contratos firmados com empresas estatais.

A empreiteira afirmou ao Ministério Público que seguiu o mesmo esquema revelado por outras construtoras aos procuradores da Operação Lava Jato. A Andrade Gutierrez ganhava contratos na Petrobras e também na Eletronuclear e, em troca, pagava comissões ao PT na forma de doações legais no caixa um.

De acordo com as investigações da Lava Jato, as maiores construtoras do país formaram um cartel e dividiam as obras que cada uma ganharia na Petrobras e pagariam em troca comissões em formas de doações por meio de caixa um para PT, PMDB e PP.

PUBLICIDADE

Nesta semana, o jornalista Fernando Rodrigues, do UOL, afirmou que um importante executivo da empreiteira Andrade Gutierrez que fez delação premiada para a força-tarefa da Operação Lava Jato entregou fartos detalhes –inclusive comprovantes– sobre doações legais e ilegais a campanha de 2014 de Dilma Rousseff.

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

As novidades na Carteira InfoMoney para março

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa