Distribuição de royalties do pré-sal é excluída do relatório de Romero Jucá

Debate sobre o assunto deve ocorrer após eleições; capitalização da Petrobras tentará ser votada antes do Fundo Social

SÃO PAULO – O líder do governo no Senado, Romero Jucá, excluiu a distribuição dos royalties do pré-sal de seu relatório, e a discussão do assunto deve ficar para depois das eleições. O texto divuglado nesta terça-feira (8) reúne a instituição da partilha na exploração do pré-sal e a criação do Fundo Social na mesma proposta.

O relatório cita “não ser o momento propício para discutir alterações nas participações governamentais”, e afirma que a discussão, que divide interesses de estados e municípios, ficará adiada para um momento mais propício.

Petrobras
Com relação à Petrobras (PETR3, PETR4), a proposta de capitalização da empresa tentará ser votada pelo relator antes do Fundo Social. Segundo o senador do PT, Delcício Amaral, a empresa tem pressa e não deve haver dificuldades para votar o texto igual ao que foi previamente aprovado pela Câmara.