Paralisação

Disputa entre rodoviários fecha terminais em São Paulo

Segundo a SPTrans, empresa que administra o setor na capital paulista, 750 mil pessoas estão sendo prejudicadas com a paralisaçã

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

São Paulo – Às vésperas da renovação da diretoria do Sindicato dos Motoristas de São Paulo, 16 dos 28 terminais de ônibus urbanos e cerca de 400 linhas foram paralisados na manhã de hoje (10) pela mobilização sindical de um grupo dissidente da atual diretoria.

Os rodoviários responsáveis pela atitude são ligados a Valdevan Noventa, que lidera a Chapa 2 na disputa eleitoral prevista para ocorrer a partir da meia-noite de hoje (10). Segundo a Polícia Militar, não há registro de incidentes.

Por meio de nota, o presidente do Sindicato dos Motoristas, Isao Hosogi, conhecido como Jorginho, criticou o movimento afirmando que se trata de uma “atitude desesperada da minoria dissidente da diretoria da entidade. As eleições estão marcadas para ocorrer amanhã (11) e sexta-feira (12) em 32 garagens.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), empresa que administra o setor na capital paulista, 750 mil pessoas estão sendo prejudicadas com a paralisação.