Dirigentes do PT testemunharão a favor dos réus no caso do mensalão

Tesoureiro e secretários de relações internacionais e de organização do partido serão ouvidos nesta sexta-feira

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Membros da diretoria do PT (Partido dos Trabalhadores) serão ouvidos pela Justiça federal nesta sexta-feira (29) pelo processo que trata sobre o suposto esquema de venda de votos no Congresso Nacional, chamado de mensalão, que atualmente tramita no STF (Superior Tribunal Federal).

Figuram entre as testemunhas o secretário de relações internacionais do partido, Valter Pomar, o secretário de organização, Paulo Frateschi, e o tesoureiro, Paulo Ferreira, que falarão em prol dos réus no caso.

Duda Mendonça

Nesta quinta-feira foram ouvidas, pelo mesmo processo, as testemunhas do publicitário Duda Mendonça, responsável pela campanha política de Luiz Inácio Lula da Silva para a presidência nacional em 2002.

PUBLICIDADE

Após os depoimentos, a juíza fez perguntas acerca do caráter e do trabalho do publicitário, segundo duas das pessoas interrogadas.