De olho no sucessor

Dirigentes do PT detectam potencial substituto de Lula na esquerda brasileira

Guilherme Boulos, o líder do MTST, está se preparando para ocupar o lugar de Lula, avaliam dirigentes petista, segundo a coluna Painel

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Questão que vem crescendo dentro da esquerda brasileira, um nome apontado como sucessor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quando ele sair de cena vem ganhando forças, de acordo com a coluna Painel, da Folha de S. Paulo. Segundo o jornal, dirigentes do PT detectaram sinais de que Guilherme Boulos, o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), está se preparando para ocupar o lugar de Lula. 

Boulos deixa claro que não pretender disputar o próximo pleito de Lula estiver concorrendo. Mas, de qualquer forma, a avaliação é de que não existem hoje no partido sucessores que vistam tão bem como Boulos o figurino de líder de massas. 

Dirigentes do PT dizem que tanto a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), quanto o líder do Senado, Lindbergh Farias (RJ), poderiam ser os sucessores,  mas lembram que eles não são unanimidade no PT e enfrentam problemas na Justiça. 

Aprenda a investir na bolsa

Já o projeto do líder do MTST é visto como de longo prazo. Mesmo que Lula seja impedido pelos tribunais de disputar a eleição de 2018, petistas não veem oBoulos como opção imediata, avaliando que ele poderia entrar na corrida presidencial como candidato do PSOL, como já se cogita na sigla.