Política

Dilma Rousseff: é preciso novo ciclo para transformar o Brasil

Em fala a políticos no Rio de Janeiro, a presidente defendeu seu governo e destacou que o Brasil está no caminho para a redução da pobreza

arrow_forwardMais sobre

25 de julho (Bloomberg) – O Brasil tem grandes desafios pela frente e vai precisar de mais um ciclo após o 1º ciclo, que assegurou a estabilidade econômica com inclusão social, disse a presidente Dilma Rousseff ontem à noite, a políticos do Rio de Janeiro. “Estamos no caminho para a eliminação da pobreza”, ressaltou a presidente.

Dilma disse que o novo ciclo deve ser baseado no investimento em infraestrutura, inovação, educação e redução da burocracia. “A infraestrutura de banda larga é tão importante quanto estradas e ferrovias, já que garante o acesso à educação e à democratização da informação”, afirmou.

A presidente ainda reforçou que a exigência de conteúdo nacional reviveu estaleiros no Rio de Janeiro e que a produção de petróleo da Petrobras superou pessimismo. A presidente ainda defendeu o legado da Copa, ao dizer que “Provamos com fatos que o Brasil tem capacidade para realizar uma Copa”.

PUBLICIDADE

Ainda não conhece a página da Bloomberg dentro do InfoMoney? Clique aqui e confira

Sobre a política econômica de seu governo, Dilma ressaltou que os críticos criam expectativas ruins ao dizer que a inflação está fora de controle, mas afirmou que o “Brasil é um País que se saiu muito melhor do que todos os demais, diante da crise, enquanto eles desempregaram 60 milhões de pessoas, nós criamos 20 milhões de empregos”.

Dilma disse que não permitiu às empresas reduzir salários ou tirar direitos dos trabalhadores em meio à crise. Em vez disso, afirmou, o governo reduziu impostos sobre a folha de pagamento. “É a campanha da verdade contra a mentira, contra o pessimismo”