Dilma Rousseff diz que PMDB não pediu diretoria da Petrobras em troca de apoio

Para a ministra, não há a menor hipótese de algo assim ocorrer; além disso, não existem motivos para não confiar no partido

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – “Não tem sinal de alguém ter pedido isso para nós”, foi o que declarou a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (22), ao ser indagada sobre um possível pedido por parte do PMDB para assumir a diretoria de Exploração e Produção da Petrobras, ocupada atualmente por Guilherme Estrella, em troca de apoio na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar supostas irregularidades cometidas pela estatal.

A ministra afirmou ainda que a possibilidade de isto ocorrer nem ao menos existe. “Estou dizendo que não há a menor hipótese, não está em questão essa discussão para nós”, declarou. Dilma afirmou ainda que seu apoio a Guilherme Estrela é irrestrito, tratando o diretor da petrolífera como um técnico competente.

Sobre o PMDB, a ministra declarou que não há motivos para não confiar no partido para encabeçar a CPI da Petrobras. “O PMDB é nosso aliado”, afirmou. Com relação às contrapartidas pedidas em troca de apoio, Dilma disse que “são parte da história”.

Aprenda a investir na bolsa