Sinal Amarelo

Dilma recorrerá a Lula e João Santana para estancar queda de popularidade, diz jornal

Dilma conversa com Santana na sexta-feira e estaria acertando a agenda com Lula, de forma a tomar medidas de curto prazo para reverter forte rejeição, destaca Folha

SÃO PAULO – Após a forte queda da popularidade de Dilma Rousseff evidenciada pelo Datafolha do último sábado, novos passos estão sendo dados para estancar este cenário no curto prazo, conforme destacado pelo jornal Folha de S. Paulo. E, para isso, Dilma vai buscar a ajuda do ex-presidente Lula e do marqueteiro João Santana. 

Santana conversa com Dilma sexta-feira e a presidente estaria acertando a agenda com Lula. Os dois políticos estiveram no encontro de 35 anos do PT, mas ela não ouve o ex-presidente “há muito tempo”. Já em relação a Santana, a última vez que eles tiveram juntos foi no ano passado, quando o marqueteiro a ajudou a escrever o discurso de posse.

O encontro com Lula deve colocar em marcha um conjunto de ações para uma reação, após Dilma ter tomado decisões mais solitárias depois de se afastar do ex-presidente. 

PUBLICIDADE

O escândalo da Petrobras e as vacilações do governo em relação a ele são apontados com um dos fatores responsáveis pelo baque na avaliação do governo.

Estuda-se ainda a possibilidade de se convocar uma cadeia de rádio e televisão para a presidente anunciar o envio das propostas do Congresso e abordar outros temas, com explicações, que estão colaborando para seu desgaste com a opinião pública.