Política

Dilma pretende manter Mantega na Fazenda, diz agência

Reforma ministerial deve contar com menos mudanças do que o comentado pela imprensa; possivelmente envolverá dois ou três ministérios de menor importância

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff pretende manter o ministro da Fazenda, Guido Mantega, no cargo no futuro próximo, afirmou matéria da Reuters publicada nesta quinta-feira (25).

Desde o início de outubro, circulam rumores na imprensa nacional de que Mantega pudesse ser substituído. Alexandre Tombini, presidente do Banco Central, e Jorge Gerdau, presidente do conselho de administração da siderúrgica de mesmo nome, foram citados como possíveis candidatos ao comando da chefia da equipe econômica.

No entanto, segundo duas fontes ouvidas pela Reuters, as especulações sobre a saída de Mantega são falsas, uma vez que a presidente está satisfeita com o trabalho do ministro.

PUBLICIDADE

A reforma ministerial está prevista para depois das eleições municipais e deve contar com menos mudanças do que o comentado pela impresa, afirmou a agência. Possivelmente, a reforma envolverá dois ou três ministérios de menor importância. 

Veja mais: Tombini pode substituir Mantega na Fazenda, diz jornal