Contraponto a Temer

Dilma pretende anunciar “pacote de bondades” em evento da CUT em 1º de maio

Reajuste dos benefícios do Bolsa Família e de salários também para algumas categorias federais, caso da PF, estão no radar da presidente, que busca se contrapor a Temer

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff confirmou a sua presença em ato realizado pela CUT (Central Única dos Trabalhadores) em 1º de Maio, em São Paulo, e deve anunciar “pacote de bondades” para fazer um contraponto ao seu vice-presidente Michel Temer, que pode assumir o cargo de presidente em breve caso a petista seja afastada pelo Senado. As informações são da Folha de S. Paulo e do jornal O Globo.

Dilma orientou assessores e auxiliares a avaliar a viabilidade de reajustar a tabela do Imposto de Renda na Fonte, que não foi corrigida neste ano, e conceder aumentos para os benefícios do Bolsa Família e de salários também para algumas categorias federais, de forma a anunciar medidas a trabalhadores no próximo domingo e fazer um aceno efetivo à base social do PT. 

Assim, ela busca se contrapor a Temer, que pretende fazer um pente-fino em programas sociais como Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida; além disso, informa a Folha, Dilma passou a avaliar aumento dos pagamentos do Bolsa Família depois de ser informada que a medida faz parte dos planos do vice caso ele assuma o cargo. O governo também avalia conceder reajuste salarial para algumas categorias federais, caso da Polícia Federal e buscar reforçar o discurso de que o governo petista foi o responsável pela autonomia da Polícia Federal. Segundo o jornal, em seu discurso, Dilma também defenderá as conquistas durante os governos do PT e criticará eventuais retrocessos em um possível governo Temer. 

Aprenda a investir na bolsa

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; CLIQUE AQUI e baixe!

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa