Política

Dilma presta depoimento e diz que Lula “jamais interferiu” em seu governo

Ela disse ainda que "não tem conhecimento" de que Lula tenha solicitado vantagens indevidas. "Ele é absolutamente respeitoso", defendeu

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A ex-presidente Dilma Rousseff prestou depoimento à Justiça Federal nesta quinta-feira (22) como testemunha no processo envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmando que o petista “jamais interferiu” em seu governo, nem mesmo em suas atribuições como ministra-chefe da Casa Civil.

Ela disse ainda que “não tem conhecimento” de que Lula tenha solicitado vantagens indevidas. “Ele é absolutamente respeitoso”, defendeu. Dilma afirmou ainda que o processo de transição com a gestão de Lula foi “extremamente respeitoso”.

A investigação da Justiça envolve negociações irregulares que levaram à compra de 36 caças suecos do modelo Gripen pelo governo brasileiro e à prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos por meio da Medida Provisória 627. 

Aprenda a investir na bolsa

Segundo Dilma, sobre a compra dos caças, Lula teria dito apenas que ele não decidiria sobre a questão em seu governo e que isto ficaria para o mandato da petista. Ela afirmou ainda que a escolha pelos caças suecos ocorreu principalmente pela possibilidade de o Brasil participar do processo de desenvolvimento do projeto.

O caso é investigado no âmbito da Operação Zelotes, na qual são réus Lula e seu filho, o empresário Luis Cláudio. Ambos foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa em dezembro de 2016.