Deixando a desejar

Dilma não vai ao Jornal da Globo e deixa de responder perguntas importantes

Os âncoras do jornal revelaram na edição desta terça-feira as questões que seriam feitas à candidata petista; presidente teria que explicar a recessão técnica e o descumprimento de algumas promessas feitas em 2010.

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Sem dar justificativas para sua ausência, Dilma Rousseff, do PT, não compareceu à sabatina que seria realizada pelo Jornal da Globo nesta terça-feira. Marina Silva, do PSB, participou do programa na noite anterior, e Aécio Neves, do PSDB, tem presença confirmada para esta quarta-feira. A ordem das entrevistas foi feita por sorteio. 

Os âncoras do jornal, William Waack e Christiane Pelajo, destacaram que a ausência da candidata não foi justificada e informaram que esta foi a primeira vez que um presidenciável não compareceu à entrevista desde o início da série, em 2002.

De acordo com os jornalistas, a presidente teria que explicar a recessão técnica e o descumprimento de algumas promessas feitas durante a campanha presidencial de 2010. Durante o noticiário, os apresentadores leram as perguntas que seriam feitas à candidata à reeleição e que ficaram sem resposta. São as seguintes: 

Aprenda a investir na bolsa

– Os últimos índices oficiais de crescimento indicam que o país entrou em recessão técnica. A senhora ainda insiste em culpar a crise internacional, mesmo diante do fato de que muitos países comparáveis ao nosso estão crescendo mais?

– A senhora continuará a represar os preços da gasolina e do diesel artificialmente para segurar a inflação, com prejuízo para a Petrobras?

– A forma como é feita a contabilidade dos gastos públicos no Brasil, no seu governo, tem sido criticada por economistas, dentro e fora do país, e apontada como fator de quebra de confiança. Como a senhora responde a isso?

– A senhora prometeu investir R$ 34 bilhões em saneamento básico e abastecimento de água até o fim do mandato. No fim do ano passado, tinha investido menos da metade, segundo o Ministério das Cidades. O que deu errado?

– Em 2002, o então candidato Lula prometeu erradicar o analfabetismo, mas não conseguiu. Em 2010, foi a vez da senhora, em campanha, fazer a mesma promessa. Mas foi durante o seu mandato que o índice aumentou pela primeira vez, depois de 15 anos. Por quê?

– A senhora considera correto dar dentes postiços para uma cidadã pobre, um pouco antes de ser feita com ela uma gravação do seu programa eleitoral de televisão?

PUBLICIDADE