Futuro da ex-presidente

Dilma não descarta candidatura ao Senado ou à Câmara, mas petistas têm “planos maiores” para ela

Segundo coluna do Estadão, petistas tentam convencer Dilma a disputar o governo do Rio Grande do Sul 

SÃO PAULO – Em entrevista à agência AFP no último final de semana, a ex-presidente Dilma Rousseff falou pela primeira vez sobre o seu futuro político. Ela afirmou que não seria candidata à presidência da república. Contudo, não descartaria concorrer a um cargo de senadora ou deputada. 

Contudo, alguns petistas têm outros planos para ela, segundo informa a coluna do Estadão. Eles tentam convencer a ex-presidente a disputar o governo do Rio Grande do Sul e acreditam que ela possa vencer qualquer rejeição.

Vale destacar que, mesmo tendo sido cassada pelo Senado em agosto de 2016, Dilma manteve os direitos políticos e pode ocupar cargos públicos, em uma decisão polêmica da Casa e que até hoje é bastante contestada. 

PUBLICIDADE