RADAR INFOMONEY Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações dos bancos

Subindo o tom

Dilma mostra irritação se recusa a comentar relação do Planalto na CPI da Petrobras

"Eu acho extraordinário, primeiro que o Palácio do Planalto não é expert em petróleo e gás. A expert é a Petrobras", afirmou

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff (PT) mostrou irritação e recusou-se a comentar a matéria de hoje da Folha de S. Paulo, em que informa que os assessores do Palácio do Planalto teriam orientado a atuação de dirigentes da Petrobras (PETR3;PETR4) e da liderança do PT no Senado durante a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) sobre a estatal. 

Folha de S. Paulo destacou em matéria que os assessores do Palácio do Planalto coordenaram a atuação da estatal e da liderança do PT no Senado durante as investigações da CPI para examinar os negócios da estatal. Segundo o jornal, o número 2 do ministro Ricardo Berzoini, chefe da Secretaria de Relações Institucionais do Planalto, Luiz Azevedo, foi escalado para fazer a interlocução com a empresa estatal e, assim, evitar que o trabalho da CPI atingisse a atual diretoria da estatal. O Planalto teria destacado ainda Paulo Argenta, outro assessor de Berzoini.

E Dilma reagiu: “eu acho extraordinário, primeiro que o Palácio do Planalto não é expert em petróleo e gás. A expert é a Petrobras. Eu queria saber quem elabora perguntas de petróleo e gás para a oposição. Não é o Palácio do Planalto nem nenhuma sede do partido que sabe das perguntas. Quem sabe das perguntas só tem um lugar no Brasil, eu diria vários lugares, a Petrobras e todas as empresas de petróleo e gás. É um setor altamente especializado e complexo tecnicamente. Eu acho estarrecedor que seja necessário alguém de fora da Petrobras formular perguntas para ela”, disse a presidente, em declaração feita durante entrevista realizada na CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) .

Aprenda a investir na bolsa

A presidente ainda mostrou incômodo com uma pergunta sobre a possibilidade do TCU (Tribunal de Contas da União) bloquear os bens da presidente da Petrobras, Graça Foster. “Você já julgou, querida? Se não houve julgamento, não gera constrangimento nenhum, peço que não faça uma pergunta sobre um julgamento de uma Corte que ainda não houve”, afirmou em resposta à jornalista que fez o questionamento.