Palpiteira

Dilma: Humor nacional não vai piorar após derrota vexatória para Alemanha

Candidata à reeleição, a presidente brasileira afirmou ainda que o Brasil está organizando uma das melhores Copas da história e disse que país deveria deixar de exportar tantos jogadores.

São Paulo – A presidente do Brasil,  Dilma Rousseff, afirmou em entrevista à CNN que o humor nacional não deve piorar mesmo após a seleção brasileira ter sido derrotada de maneira vergonha para a Alemanha e ter perdido uma vaga na final da Copa do Mundo. 

Orgulhosa, a petista disse que o Brasil está organizando uma das melhores Copas do Mundo e que o país deveria evitar a prática de exportar tantos jogadores talentosos para o exterior.  

Espionagem

PUBLICIDADE

Questionada sobre a espionagem que o governo brasileiro teria sofrido a mando dos Estados Unidos, a presidente foi contundente ao dizer quer não aceita que pessoas, governo e empresas brasileiras sejam espionadas. A sucessora de Luiz Inácio Lula da Silva no comando do Brasil reforçou que não rompeu relações com os Estados Unidos e que apenas quis colocar as cartas na mesa. “As relações do governo brasileiro com os Estados Unidos avançaram após a denúncia de espionagem”, afirmou Dilma.

Futuro

Durante a entrevista, Dilma destacou que o Brasil vai entrar em um novo ciclo de desenvolvimento. “O país precisa investir em economia de conhecimento e valor agregado”, disse a presidenciável do PT.