Dia da Mulher

Dilma fará pronunciamento na televisão e tentará defender medidas do governo

Presidente deve aproveitar fala em rede nacional no dia internacional da mulher para defender pacote anticorrupção e ajuste fiscal

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff (PT) deve aproveitar um pronunciamento que fará no dia 8 de março, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, para defender o governo. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo a petista deve falar em rede de rádio e televisão em uma estratégia do Palácio do Planalto para aumentar a exposição de Dilma, que tenta reduzir a rejeição à sua administração.

De acordo com a publicação, a presidente deve aproveitar o pronunciamento para defender um pacote anticorrupção, que inclui propostas que endurecem as penas de funcionários públicos que tiveram enriquecimento ilícito e confiscam os bens oriundos da corrupção. Além disso, ela também deve falar sobre os ajustes fiscais e explicar para população a sua importância.

Dilma também deve aproveitar a oportunidade para insistir que o Brasil tem fundamentos sólidos na economia no enfrentamento da crise e iniciará um novo ciclo de desenvolvimento, com geração de emprego e renda. Vale lembrar que para este ano a expectativa é que o PIB (Produto Interno Bruto) tenha retração de 0,58%, o que seria a pior recessão dos últimos 25 anos, segundo mostrou o boletim Focus do Banco Central na última segunda-feira.

PUBLICIDADE

Sobre o assunto principal do pronunciamento, a presidente irá exaltar as políticas sociais dirigidas ao público feminino, como a implantação da Casa da Mulher Brasileira, espaço que reúne os principais serviços para o atendimento integral de vítimas de violência, como delegacias especializadas, defensorias e promotorias. O programa é considerado uma das principais vitrines do segundo governo da presidente.