Política

Dilma e Barbosa enfrentam “fogo amigo” do PT, que diz não à reforma da Previdência

Nos bastidores, o ministro tem sido bombardeado pelos petistas, que o acusam de anunciar medidas que só sinalizam ao mercado financeiro e não à base do partido

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff e o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, vão enfrentar o “fogo amigo” do PT para tentar passar a reforma na Previdência, necessária para continuidade do ajuste fiscal. Segundo reportagem de O Estado de S. Paulo, a proposta enfrenta forte resistência dos movimentos sociais que formam a base do partido. 

Nos bastidores, Barbosa tem sido bombardeado pelos petistas, que o acusam de anunciar medidas que só sinalizam ao mercado financeiro e não à base do partido, com alguns parlamentares e dirigentes do PT comparando as declarações de Barbosa ao início da gestão de Joaquim Levy. 

Na segunda-feira passada, movimentos sociais ligados ao PT que integram a Frente Brasil Popular fizeram fortes críticas à proposta. Segundo o jornal, o líder do PT na Câmara, Sibá Machado (PT-AC), já admitiu que haverá muita dificuldade de passar a proposta na bancada.

Aprenda a investir na bolsa

A Central Única dos Trabalhadores divulgou nota afirmando que o “governo erra” ao propor a reforma e que está preparada para travar uma batalha para defender os direitos dos trabalhadores no Congresso.