Copa do Mundo

Dilma diz que Brasil está preparado para a Copa e que obras foram feitas para o povo

Em pronunciamento, presidente destacou capacidade de aeroportos e ainda disse que Governo destinou mais dinheiro para saúde e educação que para estádios

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Às vésperas do início da Copa do Mundo, a presidente Dilma Rousseff fez pronunciamento em cadeia de rádio e TV na noite desta terça-feira (10). Além de exaltar a preparação do País para sediar o evento, a presidente ainda terminou com um recado para os jogadores. “O povo brasileiro ama e confia em sua seleção. Estamos todos juntos para o que der e vier”, afirmou.

Dilma reforçou a mensagem de que os estádios estão prontos, e ainda afirmou que os aeroportos dobraram de capacidade e que não ocorrerá um racionamento de energia. “Como se diz na linguagem do futebol: treino é treino, jogo é jogo. No jogo, que começa agora, os pessimistas já entram perdendo. Foram derrotados pela capacidade de trabalho e a determinação do povo brasileiro, que não desiste nunca”, disse a presidente.

“Debaixo da camisa verde-amarela, vocês materializam um poderoso patrimônio do povo brasileiro. A seleção representa a nacionalidade. Está acima de governos, de partidos e de interesses de qualquer grupo”, afirmou Dilma. “Por isso, vocês merecem que um dos legados desta Copa seja, também, a modernização da nossa estrutura do futebol e das relações que regem nosso esporte. O Brasil precisa retribuir a vocês, e a todos os desportistas, tudo o que vocês têm feito por nosso povo e por nosso país”, completou.

Aprenda a investir na bolsa

Dilma ainda ressaltou que as obras realizada não foram feitas apenas para a Copa, mas sim para os brasileiros. “Tenho repetido que os aeroportos, os metrôs, os BRTs e os estádios não voltarão na mala dos turistas. Ficarão aqui, beneficiando a todos nós. Uma Copa dura apenas um mês, os benefícios ficam para toda vida”, afirmou.

A presidente ainda criticou quem disse que os recursos usados em obras para a Copa deveriam ser aplicados na saúde e educação, explicando que entre 2010 e 2013, o valor investido nos dois setores foi 212 vezes maior que o investido nos estádios. Além disso, ela também reforçou o discurso de que precisamos receber bem os estrangeiros que irão visitar o País durante a Copa.

Por fim, Dilma destacou feitos do governo e ainda citou as manifestações populares. “Desfrutamos da mais absoluta liberdade e convivemos com manifestações populares e reivindicações que nos ajudam a aperfeiçoar, cada vez mais, nossas instituições democráticas. Instituições que nos respaldam tanto para garantir a liberdade de manifestação como para coibir excessos e radicalismos de qualquer espécie”, completou a presidente.