AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre o balanço da rede de laboratórios; assista

Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre o balanço da rede de laboratórios; assista

Pronunciamento

Dilma decide falar nas redes sociais após cancelar pronunciamento na TV

Após avaliação sobre a estratégia mais adequada para o momento, decidimos que o vídeo da presidente Dilma alcançaria seus objetivos se veiculado pela Internet, disse a Secom

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff suspendeu pronunciamento que faria na noite desta sexta-feira (15) em cadeia de rádio e televisão e decidiu fazer a defesa de seu governo através das redes sociais, a dois dias da votação de processo de impeachment na Câmara dos Deputados.

A Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República ) informou que havia tomado a decisão de veicular mensagem em rádio e TV, mas que, após “avaliação sobre a estratégia mais adequada para o momento, decidimos que o vídeo da presidente Dilma alcançaria seus objetivos se amplamente veiculado pela Internet”.

À Reuters, uma fonte do Palácio do Planalto disse que a decisão de distribuir o vídeo pelas redes sociais foi por uma questão de “eficácia política”. Segundo alguns veículos de imprensa, a decisão de cancelar o pronunciamento na televisão e no rádio ocorreu por medo de panelaços e também do risco de algum problema judicial.

Aprenda a investir na bolsa

Após a divulgação, pela manhã, de que a presidente faria um pronunciamento em cadeia de rádio e TV, o partido Solidariedade entrou na Justiça Federal com uma ação civil pública para barrar o pronunciamento, alegando que ela estaria usando “a máquina pública em horário nobre para se defender da votação de domingo”.

Com Reuters