Energia

Dilma convoca reunião emergencial sobre risco de racionamento, diz jornal

Reservatórios estão cerca de 62% abaixo do registrado no ano passado e medidas extras já foram tomadas para evitar a falta de energia

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião emergencial sobre os baixos níveis dos reservatórios de água para a próxima quarta-feira (9). Segundo reportagem publicada na Folha de São Paulo desta segunda-feira (7), a convocação vem pouco mais de uma semana após Dilma afirmar ser “ridículo” falar em racionamento de energia.

Segundo a notícia, os reservatórios estão cerca de 62% abaixo do registrado no ano passado e medidas extras já foram tomadas para evitar a falta de energia, como a reativação da usina de Uruguaiana, parada desde 2009, e o acionamento completo de usinas termelétricas, mais caras do que as hidrelétricas.

Técnicos do setor acusam a presidente de centralizar decisões e dizem que o racionamento não deve ser descartado completamente, já que o risco está acima do que seria prudente, diz a Folha.

Aprenda a investir na bolsa

Uma das ironias apontadas pela reportagem na questão é que o crescimento da economia brasileira em 2012 foi pífio – cerca de 1% – o que diminuiu o ritmo da indústria. Se as previsões do ministro da fazenda, Guido Mantega, tivessem se realizado, com crescimento de 4,5% na economia, o setor industrial estaria consumindo mais e o risco de falta de energia seria imediato.