Política

Dilma convoca reunião de emergência para falar de “clima de impeachment”

Segundo um aliado afirmou ao jornal Folha de S. Paulo, Dilma quer acalmar a base e pedir que os parlamentares a defendam no Congresso "diante desse clima de impeachment"

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A presidente Dilma Rousseff (PT) convocou para esta segunda-feira (6) uma reunião de emergência com presidentes dos partidos aliados e líderes da base no Congresso para falar sobre as acusações de “pedaladas fiscais” e sobre o “clima de impeachment”. As informações são do jornal Folha de S. PauloO objetivo principal é tratar dos movimentos pelo afastamento da presidente que ganharam força na oposição com a piora da crise que acomete o governo.

Segundo um aliado afirmou ao jornal, Dilma quer acalmar a base e pedir que os parlamentares a defendam no Congresso “diante desse clima de impeachment”. De acordo com Lauro Jardim, da Veja, a reunião está marcada para 18h (horário de Brasília) seis da tarde, uma reunião com todos os presidentes de partido e todos os líderes do Senado e da Câmara, para explicar que não houve ilegalidade nas pedaladas fiscais.

Auxiliares estimularam que a presidente conversasse com os aliados antes de viajar para a reunião da cúpula dos Brics, que ocorre na Rússia esta semana. Seu retorno está previsto somente para o fim de semana, segundo a Folha. A reunião ocorre em um momento onde a base aliada, incluindo o próprio PT, se queixa da falta de diálogo da presidente.

PUBLICIDADE