AO VIVO Como interpretar os gráficos através da análise técnica, começando do zero

Como interpretar os gráficos através da análise técnica, começando do zero

Crise no Planalto

Dilma convoca reunião de emergência para discutir delação de Delcídio, diz Folha

Palavra de ordem no Planalto é questionar a credibilidade do senador do PT, dizendo que ele já mentiu em outras ocasiões

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Logo após a posse dos ministros da Justiça, da AGU (Advocacia-Geral da União) e da CGU (Controladoria-Geral da União), a presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião de emergência para discutir a suposta delação premiada do ex-líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS). Segundo informações da Folha de S. Paulo, a ordem inicial do Planalto é tirar a credibilidade do senador, dizendo que Delcídio já mentiu em outras ocasiões. 

De acordo com a revista IstoÉ, o senador petista teria dito que Dilma tentou interferir no andamento das investigações da Operação Lava Jato, nomeando o ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Marcelo Navarro, para barrar o avanço da Polícia Federal. 

Nos bastidores, o clima é de apreensão no Palácio do Planalto. Já nesta manhã, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, disse que Delcídio do Amaral “não tem nenhuma credibilidade” para fazer qualquer acusação, caso sejam confirmadas informações de que ele teria feito acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Leia também:

Carteira InfoMoney tem 4 novas ações para março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

Aprenda a investir na bolsa