Eleições

Dilma arrecada mais que Marina e Aécio juntos, mas PT fica atrás entre partidos

Segundo a coluna Painel, da Folha, o tucano informará uma receita em torno de R$ 43 milhões, o PSB captou cerca de R$ 20 milhões até o último dia 13, enquanto Dilma arrecadou R$ 80 milhões

SÃO PAULO – Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, os comitês de Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) devem declarar amanhã, juntos, uma arrecadação menor do que o de Dilma Rousseff (PT). 

De acordo com a coluna Painel, o tucano informará uma receita em torno de R$ 43 milhões, o PSB captou cerca de R$ 20 milhões até o último dia 13, quando precisou congelar a arrecadação para substituir o candidato, após a morte de Eduardo Campos (PSB). A nova conta, em nome de Marina, será aberta hoje. Dilma deve somar R$ 80 milhões. 

Contudo, o comitê de Marina não está preocupado uma vez que, desde que disparou nas pesquisas, as promessas de doações aumentaram. 

PUBLICIDADE

Porém, se Dilma lidera individualmente, o PT partiu atrás dos outros partidos segundo estudo feito pelo Estadão Dados e Transparência Brasil. Até a semana passada, o partido de Dilma estava só no quarto lugar em arrecadação de campanha, atrás do PMDB, PSDB e do PSB.

De cerca de R$ 475 milhões que foram contabilizados pelas campanhas até sexta-feira, o PMDB ficou com R$ 109 milhões, ou 23% das doações. Enquanto isso, o PT arrecadou até agora menos da metade do que os PSDB, que ficou com 17% do total – ou R$ 45 milhões. 

Vale ressaltar que, nos últimos dias, foi dito que Marina Silva teria desautorizado o tesoureiro do PSB, Márcio França. Ele declarou não se importar com a origem das doações, após ela ter vetado doações de empresas de álcool e tabaco. Contudo, França esclareceu que não foi desautourizado no veto de Marina. As firmas não ajudarão a candidata, mas financiarão o partido, destacou a Folha