Dilma aceita depor em comissão; Planalto negocia depoimento sobre dossiê

Ministra foi convocada para explicar andamento de obras do PAC; Governo pressiona por fim de uma das CPIs

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A Ministra Dilma Rousseff aceitou convocação para depor à comissão de infra-estrutura do Senado. Segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo, o governo negocia acordo para que ela fale sobre o dossiê.

Titular da pasta da Casa Civil e apontada pelo Planalto como gestora do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), Dilma enviou ofício ao Senado atendendo à convocação para prestar esclarecimentos sobre as obras do projeto.

A oposição pressionaria por explicações relativas ao dossiê sobre os gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Governo e oposição negociam

Aprenda a investir na bolsa

Todavia, a reportagem revela que o Ministro das Relações Institucionais, José Múcio, e o Senador Romero Jucá, líder do governo na casa, negociam com o presidente do PSDB, Senador Sérgio Guerra, acordo para que a ministra preste depoimento sobre o caso.

Ademais, haveria tratativas para que somente uma Comissão Parlamentar de Inquérito sobre os gastos com cartões corporativos seja mantida, uma vez que a oposição conseguiu a instalação de uma CPI exclusiva no Senado, após reclamar de que a maioria governista impedia investigações na CPI mista.