Racha à vista?

Diante de crise interna no PSB, Beto Albuquerque cancela agenda desta sexta-feira

Problemas surgiram depois que o presidente da sigla, Roberto Amaral, convocou o diretório nacional para eleger o novo comando do partido.

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Nem tudo é festa no PSB, partido de Marina Silva, uma das favoritas na eleição presidencial. Uma crise interna no partido fez com que o candidato a vice-presidência pelo partido, Beto Albuquerque, cancelasse sua agenda desta sexta-feira.

Divergências internas foram estabelecidas depois que o presidente da legenda, Roberto Amaral, convocou o diretório nacional para eleger o novo comando da sigla, na próxima segunda-feira.

O companheiro de chapa de Marina avaliou a convocação como inoportuna e destacou a importância do PSB estar focado na corrida presidencial.

Aprenda a investir na bolsa

“Esta convocação, sobre a qual não fui consultado, está desconectada do momento. É hora de eleger o presidente da República”, disse Albuquerque. “Qual é o problema de adiar a eleição do partido? O que não pode é adiar a eleição presidencial. Isso desmobiliza”” acrescentou.

Além disso, Albuquerque defendeu que Pernambuco tenha peso relevante no processo de formação do novo comando do partido e descartou que seja contra a reeleição de Amaral. O companheiro de chapa de Marina negou que esteja articulando uma chapa de oposição à candidatura do atual presidente do PSB.