AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CFO e diretor de RI da M. Dias Branco comentam números da empresa no trimestre; assista

Por Dentro dos Resultados: CFO e diretor de RI da M. Dias Branco comentam números da empresa no trimestre; assista

Eleições

“Diante da aprovação de Dilma, acredito que ela chegará a 58%”, afirma Jaques Wagner

O governador da Bahia afirmou que a única dívida do PT com a sociedade brasileira nesses 12 anos é ainda não ter levado a reforma política adiante

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O governador da Bahia, Jaques Wagner, do PT, afirmou que as pesquisas de intenção de voto não surpreendem o núcleo petista. Ele destacou que os números são similares aos mostrados pelos trackings mais recentes do PT, acrescentando que a pesquisa interna da legenda mostrou uma vantagem de 10 pontos porcentuais da candidata à reeleição frente ao presidenciável tucano. 

Wagner ainda falou sobre a aprovação de Dilma nos últimos levantamentos, que beira os 60%. Diante da aprovação de Dilma, acredito que ela chegará a 58% no domingo. Tudo leva a crer que ela será reeleita”.

Indagado sobre as recentes denúncias relacionadas à corrupção na Petrobras e sobre a capa da revista Veja, que indicou que a petista e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sabiam de tudo, Wagner foi contundente ao dizer que as acusações não tem fundamento.

PUBLICIDADE

“Se há uma dívida do PT com o Brasil é de não ter levado adiante a reforma política”, explicou.

Ele ainda classificou o formato com a participação dos eleitores indecisos como enriquecedor e negou que tenha preferência para assumir alguma pasta em uma eventual segunda gestão de Dilma.